Programa de Micro-grants SciBr

Serão selecionados até 7 projetos para participarem do Programa de Micro-Grants SciBr. O programa inclui conexões com a rede SciBr e mentoria, além de apoio de até $2.500,00 (dois mil e quinhentos dólares) para o desenvolvimento de projetos inovadores alinhados ao tema “Novas abordagens para conectar ciência e sociedade”. 

Os projetos  devem propor soluções efetivas, com potencial de desenvolvimento em curto/médio prazo e sustentabilidade para abordar problemas relevantes para o desenvolvimento tecnológico, científico e/ou social do Brasil. São elegíveis projetos individuais ou em grupos, apresentados por pessoas físicas ou jurídicas, e devem ter impacto direto para o Brasil. O valor concedido será determinado de acordo com a estimativa de custos do projeto e avaliação pelo comitê julgador.

A Rede SciBr de Talentos é uma parceria da SciBr Foundation com a Fundação Lemann, para apoiar e conectar talentos da área de ciências e STEM, e contribuir para criar um Brasil mais próspero, justo e sustentável.

 

Requisitos para inscrição:

  • Candidatos brasileiros, no Brasil ou no exterior, que demonstrem comprometimento pessoal e do projeto com o desenvolvimento tecnológico, científico e/ou social do Brasil. As equipes podem incluir parceiros ou integrantes não-brasileiros.
  • Projetos realizados no Brasil e/ou com impacto direto no Brasil.
  • Projetos de base científica nas áreas de STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharias e Matemática) conectando ciência e sociedade. Os projetos podem ser individuais ou em grupo, pessoa física ou jurídica, não precisam estar necessariamente ligados à universidade.
  • Propostas de projeto lideradas por indivíduos que demonstrem vínculo atual ou prévio com universidades parceiras da Fundação Lemann (Columbia, Harvard, MIT, Stanford, UCLA, UIUC e Yale) e/ou que promovam parcerias e cooperação internacional com as universidades parceiras da Fundação Lemann ou outras instituições de reconhecida excelência em pesquisa e educação. 

Prazos:

  • Prazo para inscrição: 30 de outubro
  • Divulgação dos resultados:
    • Fase 1: até 30 de novembro de 2016
    • Fase 2: até 15 de dezembro de 2016
  • Declaração de interesse e concessão: Dezembro de 2016

Documentação para inscrição:

Instruções aqui: 

Os documentos devem ser enviados em formato PDF para o email applications@scibr.org.

  • Curriculum Vitae dos componentes da equipe (incluindo nome, email, LinkedIn e CV Lattes, se houver) dos componentes da equipe;

  • Proposta de projeto, incluindo resultados preliminares, caso já esteja em andamento, e potencial de impacto e desenvolvimento. Modelo de formulário para download aqui. Máximo de 8 páginas.

 

proposta de Projeto

Formato recomendado (utilize modelo de formulário - download aqui) :

  • Resumo de até 200 palavras
  • Introdução:
    • Justificativa da proposta: apresentar o problema, seus impactos e desafios
  • Descrição do projeto:
    • Como a proposta endereça criativamente o problema apresentado
    • Recursos necessários, etapas e cronograma
    • Apoio solicitado (até $2,500) e justificativa
    • Tipo de mentoria e conexões que vão trazer valor para o projeto e equipe
  • Benchmarking: quais outros projetos semelhantes já existem, e como o seu projeto se diferencia
  • Equipe: como as competências e expertises dos membros da equipe suportam as demandas do projeto proposto
  • Resultados preliminares já alcançados, se houver, e/ou experiências e recursos do candidato/grupo que demonstram viabilidade do projeto
  • Como o micro-grant viabilizará o projeto. Qual o impacto do programa de micro-grant para o desenvolvimento do projeto.
  • Potenciais desafios para o desenvolvimento do projeto e como planeja superá-los

 

Critérios para seleção

O processo seletivo consistirá de uma fase de avaliação do projeto, seguido de entrevista apenas para os projetos pré-selecionados
  • Originalidade: como o projeto se diferencia de outras soluções já existentes
  • Interdisciplinaridade: como o projeto integra diferentes áreas do conhecimento para resolver um problema relevante para o Brasil
  • Inovação: como o projeto propõe soluções inovadoras, seja propondo novas ferramentas, integração de diferentes áreas do conhecimento para abordar problema de maneira criativa, colaboração, uso criativo de recursos
  • Recursos humanos: como a composição e competência do indivíduo ou equipe e recursos disponíveis contribuem para o desenvolvimento do projeto
  • Impacto para o Brasil: como o projeto potencialmente beneficia o Brasil e questões relevantes para seu desenvolvimento científico, tecnológico e/ou social
  • Empreendedorismo: como o projeto pode resultar em ação e soluções concretas
  • Impacto social: como o projeto resolve um problema social melhorando direta ou indiretamente a qualidade de vida dos brasileiros  
  • Continuidade: qual o potencial de desenvolvimento e sustentabilidade do projeto. Como o micro-grant impactará o desenvolvimento futuro do projeto.
  • Planos futuros: projeto demonstra ambição e clara visão de desenvolvimento

Processo de seleção em duas fases:

Fase 1: Seleção de projetos finalistas por comitê avaliador para entrevista
Fase 2: Entrevista com apresentação de pitch 

Exemplos de possibilidades:

  • Apoio a encontros/iniciativas com objetivo de conectar academia com a sociedade e suas demandas.
  • Apresentar e oferecer ao cientista e acadêmico possibilidades não-usuais de formação e atuação, possibilidades de impacto social e desenvolvimento científico-tecnológico
  • Apoio a atividades inovadoras para melhorar o ensino de ciências
  • Implementação de pilotos de projetos inovadores conectando conhecimento acadêmico com sociedade
  • Ideação e prototipagem em projetos multi- e interdisciplinares
  • Apoio a iniciativas de trazer novas tecnologias e/ou metodologias para o Brasil
  • Apoio para estabelecimento de parcerias acadêmicas promissoras e de longo prazo (iniciadas pelo Faculty Travel Grant, por exemplo)